COMO SERÁ O AMANHÃ, QUEM SABE?

* Este artigo é um resumo da palestra que fiz no Simpósio de Astrologia em agosto de 2008. Com o texto é grande, tocarei apenas alguns tópicos.

Esta não é uma palestra para crianças, ingênuos ou românticos. Afinal, a passagem de Plutão em Capricornio exige realismo e maturidade.

Começo dedicando a palestra aos meus conocorrentes. São meus maiores estimuladores. Eu não seria nem 10% do que sou, se não fosse a minha casa 7. Não ter concorrentes atrasa a vida,provoca desatenção e acomodação. Lucra mais quem tem rivais. Pois quem não tem rivais não é importante.

Não despreze sua casa 7. E não me refiro aos sócios e parceiros: o inimigo declarado é 100 vezes melhor que o inimigo oculto. A casa 7 evita Alzheimer, obriga v. a ficar lúcido, para não morrer na praia.

Vamos ao principal:
Não vai dar para ser especialista no século 21.Fundamental conhecer áreas correlatas,ou não, á sua área principal de atuação. Quem manda no mercado é o consumidor. E v. precisa estar cada dia mais apto a prestar serviços. Quem produz, quer vender e o braço direito das vendas é a publicidade – sem dúvida uma profissão bastante requisitada neste seculo. E que aumentará sua força quando Netuno entrar em Peixes no ano da graça de 2011.

Conhece-se melhor as pessoas quando elass precisam, mostrar competência. É no desafio que as qualidades e defeitos se manifestam. Amigos e protetores da casa 11 quebram um bom galho, mas não fazem v.crescer. Pois muitos concordam com v., evitam discurssões, relevam seus erros. São boa gente, é claro. Indispensáveis. Se v. critica um amigo da casa 11 ou da casa 3 eles ficam maguados. Ou será que v. tem essas casas ätacadinhas¨? Mas se v. critica um rival da casa 7, ele se aperfeiçoa. Muda o script.

Os mitos ensinaram-me muito a tomar atitudes, conhecer a Humanidade, aperfeiçoar-me, agir. Conto-lhes um segredo: usem os mitos e tenham upgrade. (A propósito, veja meu livro Os deuses de nossas vidas, no site)

Em 1991 os astrônomos comprovaram a existência de outros sistemas solares e diriram seus holofotes para o céu em busca de contatos com ET (embora, desde 6.000 AC já se soubesse disso). E, quando em 1994 o cometa sapateiro Shoemaker-Levy atingiu Jupiter, as ciências espaciais consideraram a possibilidade da Terra ser novamente atingida, com há milhares de anos. Consequentemente, há um franco desenvolvimento da Física, Astronomia, Cosmobiologia, etc e tal. Livros de físicos tornaram-se best-sellers. Essas profissões glamorosas terão um bom lugar no século atual.

E, também, a parapsicologia, o treinamento das PES, ir além dos 5 sentidos basiquinhos. No Primeiro Mundo, certas áreas profissionais exigem esse desenvolvimento – tanto na publicidade, como no Serviço Secreto. Hoje, não dá para se dispensar os estudos das ciências ocultas. Plutão, por bons motivos, atravessando Capri, colocará essas ciências dentro das grandes empresas e no governo (oculto ou não).Embora elas já andem por lá com um certo recato (Veja meu outro livro Conhecimento da Astrologia Empresarial,Vocacional e Mundial).

Tais empregadores, cada vez mais, estarão usando Astrologia,Psicologia,Parapsicologia,etc para que se informem sobre o comportamento das pessoas, suas habilidades, ambições, fraquezas, nível de resistência, etc

Bem, por hoje chega. Continua no p´roximo capítulo…
Será que continuo no Natal e Ano Novo, como Boas Festas, ou é melhor algo mais leve?


Anna MariaCosta Ribeiro