21 de fevereiro de 2015

Pontifex – Relacionamentos
Pontifex landing again:Como disse antes, em face de várias perguntas e a ansiedade justificada dos perguntadores, a cada 15 dias, aos domingos, responderei umas perguntinhas que vieram do fundo do coração de vocês. Ás vezes 2, ás vezes 3, depende. Hoje serão 2. Então, combinado: a nova frequencia do Pergunte e Aguente é essa. Olha aí o título, para não reclamar depois: PERGUNTE E AGUENTE. Não aguenta, não pergunta. Sabendo que as respostas são para edificar, não para arrasar. Engraçado que tem gente que prefere os arrasos (seriam desculpas para dizer o quanto são vitimas) do que as edificações (que resultam em profundas decisões e construções. Nenhuma edificação é milagrosa, nem cai do céu, exceto a carta 16 do Tarot, A Torre que derruba o que tem que ser derrubado).
Então, por enquanto, quinzenalmente Pergunte e Aguente, ou desista, mas tbem, algum outro texto que se refira aos trabalhos da Urantiam, pois pagina é dela.
Lembrando: no Pergunte e Aguente a pergunta do amigo/a aí deve ser feita in box, e será dado um codinome para preservar o anonimato. Só a pessoa, o Pontifex e Deus é que saberão de quem se trata. É um bate-bola, NÃO é consulta, NÃO é aula. Para isso tem a Urantiam, têm os 30 livros, tem o alter-ego do Pontifex, a Anna Maria. Aqui, o Pontifex só constroi pontes. Lá fora tbem, porque êle é workaholic e sabe que seu voucher não é eterno.
Também vamos organizar por números. Até hoje já foram respondidas 12 perguntas ( 4 no dia 17.01 e 8 no dia 7.02. Portanto, agora será seguida a numeração, a primeira tem o n.13. Ops!
Perguntas de hoje:
n.13 – O céu está surdo
P. Minha conta bancária foi fraudada em 2011. Nome já está limpo, banco depositou em juízo, mas juiz até hoje não liberou. Revoltada,perdi a fé no divino, fiz mantras e orações e… nada!.Estou deprimida com a Justiça universal e a pessoal. Etc e tal.
R. Meu bem, em primeiro lugar sua fé é mínima. Em segundo lugar a justiça pessoal é o que se sabe,mesmo assim tenha fé. V é jovem, a bolada pode sair ainda nesta encarnação. Quanto à justiça universal, podes crer, ela tem zilhares de processos à espera, desde priscas eras, bem mais do que os que estão na mesa do juiz da sua comarca. V. sabe que assim em cima como em baixo. Agora, olha aí, v se revoltar com o Divino não aconselho não. Ele pode mandar uma Nemesis para essa Hybris (dê um Google).
n.14 – Permissão para Rebeldia
P. Como minimizar as tradições que me travam a expressão?
R. Eis uma pergunta direta e objetiva que não terá uma resposta direta idem. Vou te contar, há tantos jeitos… Eu mesma fazia isso frequentemente, era uma diversão, cara. Era um jogo War, Lego, Palavras Cruzadas, tudo pelo social. E para minha satisfação.. Hoje o pessoal acostumou, virei uma Personalidade Interessante, aquela que todo mundo queria ser, mas nem pensar… Mas, vamos lá: sua preocupação está mais com os outros do que com você. Por acaso v. é assistente social?
AGORA CHEGA
Entra Pontifex com uma nova idéia.
Em face de diversas mensagens in box e lá fora, por aí, de pessoas interessadas e aflitas, vai ser riado, na Urantiam um :
. GRUPO DE FACILITAÇÃO DE RELACIONAMENTOS (GFR, para os íntimos)
Mas, o que é isso?
.Para pessoas que queiram descabelar-se discutindo sobre seus relacionamentos, sem comprometimentos terapeuticos, mas para estar junto de seus pares em aflição. Relacionamentos de qualquer tipo: amizades, afetivos, familiares, de trabalho, concorrentes, de chefia e hierarquias, amores vivos ou mortos, presentes ou ausentes, relações transgressoras, enfim, sei lá. O que vier. Com certeza não faltará criatividade e ousadia. Nem sigilo, não digo absoluto, porque hoje o último a saber é Deus.
.Quem estará comandando o grupo, pairando sobre êle – como uma Shekina,abençoada seja – mas invisível, como uma poderosa aliada me inspirando (conto com isso), há de ser aquela que sabe tudo sobre relacionamentos: Afrodite, Venus, Ishtar, Inanna, etc etc. Invocada na abertura dos trabalhos.
.Talvez alguém aí não saiba, mas uma das minhas especialidades, sempre foi Relacionamentos e suas complexidades, ai ai ai ai… Experiência não me falta nesta idade jurássica e o resto não entro em detalhes. Desde facilitar as uniões de quem estava maguado ou sofrido mas não queria mudar a rota, desde facilitar a abertura para novos encontros conforme o jeito de cada um e tentando (tentando, porque tem gente que resiste) corrigir o quase incorrigível, desde facilitar as desavenças, facilitar as separações, facilitar a solidão, etc etc. V sabe, Pontifex é engenheiro, construtor de pontes, até essas modernas aí que agora esqueci o nome (me lembrem).
. Então, facilitar o difícil nos relacionamentos. Êta missão desafiadora!
. Será uma terapia? Nananinanão.
. Será uma arrumação.
. Mesmo porque vocês já conhecem o meu jeito. Carregarei alguém no colo? Nem pensar. Sabe aquela poderosa mãe Aguia que empurra os filhotes no abismo para que êles aprendam logo a voar e irem à vida? Pois é. Mas, claro, um abraço abraçado não faltará para quem quiser quando for o caso
. A vida é curta, meu bem. Nada de abrir espaço para lamentações. O astral está de olho para os nhemnhemnhem, não vai deixar passar batido. E, v. sabe, eu tbem não tenho muito tempo. O voucher tem data de validade.
. Uma coisa garanto: será um grupo animado, entre tapas e beijos e balinha de jujuba. Ou o que chamo de Terapia do Hades – aquela que transforma. Ou enterra. Os problemas, os problemas.
. Bem, imagino que alguns gostariam de participar mas não moram no Rio.Pensarei em como fazer isso à distância (claro tem as sessões particulares, mas vamos ver se dá outro jeito). Mas não me venham com Skype que tira o entusiasmo dos dramas (sim, dramas tbem têm entusiasmos, pois são possuídos por deuses). Ai, a gente fica com uma cara horrorosa, uma voz horrorosa, zero de poesia e cumplicidade. Sem falar quando cai o sinal. Particular claro que resolve, só não é tão divertido, animado, não se conhece gente, nem se fazem comparações.
.
Se vamos chorar, também temos que rir. Grande remédio. Ah, v. tem um caso extremamente dramático que não dá para rir? Sem problemas. Há ocasiões em que o sagrado pesa. Por uns instantes. Vou te contar que já aconteceu comigo, se fui por lá e voltei, posso ir com vocês novamente. E se hoje não gargalho daquilo, ah, dou meus sorrisos,muitos sorrisos… Bom currículo aquele que não é composto só de brancas nuvens.
. Todos nós, vamos trabalhar com o sagrado dos Relacionamentos, com o visível e o invisível dessas questões. Quem sabe até descobrir talentos enrustidos, uma magia despertando.
. Aceito sugestões, às claras por aqui, ou in box discretamente. Inclusive de como fazer à distância, se particular ou de que outra forma.Estou aberta a ideias.Talvez até um grupo de final de semana em alguma outra cidade. Faremos nossa egrégora de especialistas em Relacionamentos, sobre a incomensurável beleza de Afrodite, que só é bela porque sabe lidar com as pessoas em qualquer nível.
. É Afrodite que agora fecha os trabalhos dizendo para quem ama ( e que lhe aconselha a fazer o mesmo):
– Você é benvindo.
– Meu objetivo é lhe fazer feliz.
– Porque se lhe fizer benvindo, v. me fará benvinda. Porque se lhe fizer feliz, v. me fará feliz.
– E o propósito, é que cada um encontre o seu par se estiver só ou que melhore as relações já existentes.